Você compreende?



O ser humano vive procurando compreensão. Ele estuda e se torna um especialista pra explicar melhor as ideias que ele tem. E o mais engraçado é que desde criança a gente vive buscando pessoas que entendam os mesmos aspectos da vida da mesma forma que a gente compreende. E à medida que vamos conhecendo as pessoas vamos colocando estrelinhas nelas conforme o que elas compreendem como nós. “Poxa fulano entende os relacionamentos da mesma forma que eu” e ”o sicrano entende o tempo como eu” e “o beltrano compreende as pessoas como eu”. E conforme mais estrelinhas essa pessoa tem, mais nos aproximamos. E é realmente incrível ter alguém por perto que você possa compartilhar sua visão sobre quase tudo e a mesma possa dizer que “sim, também vejo dessa forma”, mas não confunda isso com a necessidade ridícula de estar certo sempre, são coisas bem diferentes. Acredito que a busca por pessoas que nos compreendam ou que veem a vida como a gente, acontece porque muitas vezes somos magoados e não entendemos o porquê daquilo, ou quando alguém não entende certas atitudes que tomamos, atitudes que em nossa mente estão corretíssimas.
Mas o triste mesmo acontece quando as pessoas que mais colocamos estrelinhas e que conforme o “acordo feito mentalmente na nossa cabeça” deveriam nos compreender mais, acabam por nos decepcionar.  “Mas poxa vida, se ela me compreende porque fez tal coisa..”. Ta, tudo bem, eu também concordo que o peso dessas estrelinhas ta ligado a quantidade de expectativa que colocamos, mas como não é esse o assunto principal vamos deixar para lá.
Enfim... Toda essa incompreensão gerou à muito tempo, tipo muito tempo mesmo, uma confusão. As pessoas começaram a ficar tão magoadas que se fecharam, e acabaram se perdendo dentro delas mesmas. Ninguém buscou mais compreender o lado do outro, até porque já não entendia mais o que sentia. E cá estamos nós tentando cada dia mais restabelecer essa conexão. Porém isso tudo gera uma grande duvida: se não estamos olhando para o outro buscando entende-lo e não estamos voltados para nós mesmo procurando nós achar para onde estamos olhando??? Na minha teoria (que é pouco segura) estamos cegos, ou num limbo, e a meu ver estamos confortáveis nele, pelo menos até que algo nos machuque novamente.
Muitos poemas foram criados, muitas canções foram compostas e muita arte foi feita pelo ser humano em busca da compreensão, mesmo que em alguns casos o conceito de compreensão seja totalmente diferente da que estamos acostumados. Surgiram os eternos incompreendidos, que são incríveis pelo simples fato de que eles tentaram.
NÓS NÃO SOMOS OBRAS ABSTRATAS. Nós só perdemos a sensibilidade de interpretar. Mas ainda existe Quem o faça. E que o faz com a maior graciosidade existente. Ainda existe Quem de aquela risadinha balançando a cabeça, quando preferimos o mais difícil, mesmo que não faça sentido, e é um riso que diz “essa atitude é a sua cara mesmo, eu te fiz para você ser diferente, e mesmo que, o que você escolheu possa te magoar, eu ainda vou estar do seu lado”. Ainda existe Quem nos compreenda mesmo quando nós não conseguimos mais compreender.
Eu não sei quanto a vocês, mas vou continuar a investir nas minhas estrelinhas, talvez tirando um pouco da expectativa e também sendo mais generosa estendendo elas para pessoas que compreendem a vida de uma forma totalmente diferente da minha, afinal elas podem fazer  com que eu tenha uma nova visão de tudo, o que é muito interessante.

E termino com aquela sensação de ter achado a ponta de linha do novelo de lã e também com a certeza que se eu sair da minha linha de raciocínio e não souber mais quem eu sou, Papai ainda vai compreender-me.

TUTORIAL: Como ser MARAVILHOSA




Olá, tudo bem? Eu espero que sim...
Gente eu gostaria de apresentar pra você uma das pessoas mais amorzinha que já conheci na minha vida. Dona Edite, um ser tão iluminado e tão de Deus, que só de conversar com ela pelo telefone, a gente já fica de coração amolecido.  Só de pensar nessa coisa fofa já fico encantada. Buuuuutt.. Não se engane por essas características meigas e esse rostinho de vovó coruja, essa mulher é uma guerreirassa.

~ PROATIVIDADE ~
Define muito bem o que ela fez e continua a fazer.

Ultimamente tenho pensado muito nas pequenas felicidades da vida, e onde encontrar, daí dia desses conversando com um amigo falei queria ter uma vida extraordinária, e sabia que se percebesse a beleza dos pequenos momentos ia conseguir alcançar isso. E definitivamente encontrar com essa mulher e presenciar a bondade dela em ajudar o outro me fez uma pessoa mais feliz.
Então vim compartilhar com vocês a historia dela, e como ela MUDOU UMA COMUNIDADE INTEIRA.

Indo muito alem de seu papel como educadora Edite Pacheco Alves de Oliveira desenvolveu um projeto que modificou não somente a vida de seus alunos, mas, uma comunidade inteira.

Sendo diretora de uma escola numa zona subdesenvolvida no bairro Paes Leme/Imbituba, Dona Edite percebeu uma queda na presença de seus alunos, e ao constatar que muitos desses alunos viviam em condições miseráveis iniciou uma proposta que ajudaria a manter a permanência nas aulas e também a alimentá-los.  Nessa época as escolas não possuíam merenda, e com esse novo projeto seus alunos teriam como se alimentar e muitas vezes levar pra casa pra alimentar os irmãos que ainda não tinham idade escolar.
 E então a partir dessa atitude foi dado o primeiro passo para a mudança da comunidade Araçá.
Após algum tempo, Dona Edite se envolveu ainda mais com a historia dos seus alunos e visitando suas famílias notou que as crianças que tinham mais evasão escolar eram filhos de pais alcoólatras e mães que trabalhavam como garotas de programa, infeliz ao ver essa situação resolveu agir de alguma forma para ajudá-los.
Foi então criado um grupo de mulheres, ao qual Dona Edite fazia dinâmicas e orações, tentando trazer esperança a essas que viviam em situações tão precárias. Há mais de 25 anos, aconteciam às primeiras reuniões desse grupo, que eram feitas em baixo de uma arvore ou às vezes na praia, tudo pra inspirar uma mudança de vida. E de um simples grupo de oração surgiu uma associação que ensina artes manuais e tem acompanhamento médico psicológico. As mulheres dessa comunidade tiveram suas vidas transformadas, aprenderam seu estimado valor, aprenderam um oficio e começaram a ter esperança de uma vida melhor, e junto delas, seus lares também foram restaurados e as famílias ficaram mais fortes. Logo o índice de alcoolismo e prostituição caiu e a região que se chama Araçá não é mais conhecida como uma região miserável e marginal, devido a esse lindo trabalho realizado por uma mulher guerreira e proativa, que não se contentou em fazer simplesmente seu trabalho, foi alem disso, e mudou a vida daqueles alunos.
Hoje a associação Raio de Sol conta com uma casa de apoio onde acontecem as reuniões, consultas medicas e também aulas de artesanato.

Se você quer conhecer um pouco mais do trabalho realizado lá e quiser se tornar parceiro, apoiador, voluntario ou amigo me manda uma mensagem, ficarei muuuuito feliz em te mostrar esse mundo incrível da Dona Edite.

O que será tendência em 2017??




      Já estamos na metade do mês de janeiro e eu finalmente criei vergonha na cara pra escrever esse post. É muito interessante que sempre com a mudança de ano vem aquela espectativinha pra saber o que será tendência, seja na moda, na música, na arte, na arquitetura, na decoração ou até mesmo nas tecnologias que nos rodeiam. Apesar de eu gostar de todos esses assuntos, vou falar mesmo é das tendências na decoração, que é minha paixão e eu acho que todo mundo já entendeu isso né hahaha.

Gente, alguém ai, alem de mim, já se perguntou quem determina o que vai ser tendência na decoração? Eu espero que exista mais alguém, porque só descobri isso depois de começar a fazer meu curso e senti como se estivesse vivendo em uma caverna esse tempo todo. Mas como eu sou parceira de vocês eu vou contar.  Na questão das cores, quem escolhe a cor do ano é uma empresa que se chama Pantone, mas não me pergunte o critério que eles usam, porque daí eu já não sei, mas eles são OS CARAS e sempre arrasam. Outro detalhe interessante é que até o pessoal da moda também segue o que eles ditam. E gente eles arrasam mesmo e todo ano conseguem surpreender lançando cores incríveis.

Já vi alguns posts por aqui falando que a cor do ano é a Greenery (Folhagem), sim gente essa cor é maravilhosa porem não esta sozinha, aqui abaixo está outras cores que também vão se destacar.



       Em questão de revestimentos as tendências não mudaram taaaaanto assim das do ano passado, pelo menos não ate agora. O grafismo, o revestimento branco ou também revestimento com aspecto Destroyed ainda estão em alta.

Revestimento Branco
O diferencial agora são as texturas em alto-relevo. Pode ser aplicado em qualquer tipo de decoração, por ter características versáteis. Somado a uma iluminação adequada, cria um jogo de sombra e luz muito interessante.




Revestimentos Destroyed
Esta tendência é relacionada àquelas superfícies com visual imperfeito. No mercado estão disponíveis diversos modelos de cerâmicas e porcelanatos que copiam o aspecto de madeira, marcas desgastadas e manchas. Temos as pedras em relevo com aspecto de ferrugem, madeira de demolição, que além de serem práticos, trazem ao ambiente um aspecto natural.




Grafismo
Os traços marcantes dos revestimentos geométricos ainda são tendências em 2016 e em 2017. Uma tendência atrelada a esta é o grafismo, revestimentos com traços que lembram rabiscos.





AHH! cimento queimado e os tijolinhos também continuam sendo queridinhos.





Olha só, eu queria dividir com vocês um pensamento, eu curto muito conhecer as tendências, saber o que vai estar em alta e todo esse negocio, mas gente, cada pessoa tem teu gosto, seu estilo, seu caráter, cada um sabe o que faz lhe sentir bem, cada pessoa tem a sua cor favorita, um estilo de roupa que combine consigo, um jeitinho de decorar seu cantinho que deixa ele com a sua cara, cada pessoa é exclusiva, e eu levanto a bandeira do “não seremos reféns da moda”, ela que será nossa refém, vamos aprender a adaptar uma tendência ao nosso estilo, não tem problema ser diferente vai, experimenta e se ver que ficou bom segue em frente. Eu gosto muito do estilo de decoração minimalista, que tem aquele pezinho no escandinavo, que são estilos que se caracterizam pela falta de cores fortes, acho maravilhoso, porém estou rendida ao Greenery, amei essa cor, amei as decorações feitas com essa cor, as roupas dessa cor, eu realmente curti, mas ao invés de deixar de lado meu estilo minimalista eu adapto essa cor a ele, não quero saber se depois disso não vai mais ser minimalista, se eu gostar minha gente, ninguém me segura.  Ta! Agora depois desse discurso todo, queria mostrar umas inspirações que achei no Pinterest que eu sei que vocês vão gostar.


        



Espero de coração que essa postagem tenha te inspirado não somente a seguir as tendencias, mas sim a ser uma. Beijooooooooooos <3

Hoje meu quarto ainda está bagunçado


 *uma postagem diferente.
 


Ontem quando cheguei tarde e super cansada da minha primeira aula me deparei com a desordem do meu cômodo favorito. Eram roupas jogadas pela cama, chão e cadeira, os sapatos na mesma condição, a penteadeira estava soterrada, coitada, nem dava mais de encontrá-la embaixo daquele montarem de coisas, estava horrível, mas, quando eu vi que um furacão tinha passado no meu quarto eu tive paz de espírito, e minha gente, tem coisa melhor que paz de espírito? Me dei conta de que, se meu quarto está bagunçado minha vida começa a entrar em ordem. Parei para pensar. Sempre foi assim. Nos momentos onde tudo estava aparentemente calmo, onde não existiam muitas tarefas responsáveis, não existia correria e nem “estresse”, tudo estava em ordem, roupas dobradas milimetricamente, livros, cadernos e canetas não estavam jogados por todos os lados porque sempre estavam arrumadinhas em suas devidas prateleiras, e as maquiagens dentro de suas devidas divisórias separadas por pele, olho e boca, o que era lindo de se ver, quem entrava no quarto me achava um capricho de menina, mal sabiam que a bagunça acontecia dentro de mim. Tem uma cena do ultimo filme da saga crepúsculo que me define muito bem nesses momentos, na cena a Bella estava em fase de transformação, porém todos da família Cullen estavam com medo dela não ter sobrevivido ao parto super tenso da sua filha, porque ela estava imóvel, parecia realmente estar num sono muito profundo, e eles estranhavam isso pois a transformação de um vampiro era dolorida ao ponto de ser gritante e ela não exprimia essa reação, mas pensaram que era devido a grande quantidade de morfina colocada no veneno pra transformá-la sem sentir dor, o que aparentemente parecia estar funcionando, porem mais pra frente no filme mostra que a dor que ela sentia a queimava por dentro, ela estava “morrendo” tendo suas veias queimadas, era gritante sim, mas por fora, estava “tudo certo”. Sinto-me muito assim nesses momentos de quarto arrumado, tudo está perfeito, um sorriso no rosto, uma dose de simpatia e claro, educação. E era eu colocar a cabeça no travesseiro, onde a escuridão apaga a linda coordenação de tudo, que vinha a tona meu verdadeiro desespero de não saber o que estava fazendo nessa terra, e não me venha de mimimi, porque tudo que eu tenho que saber sobre isso eu JÁ SEI, porém me sentia assim, tantos “por quês”,” e se”, “mas talvez” e também muitos” não quero acordar amanhã”, não tão literal quanto parece, mas era o desanimo que predominava tudo. Pra mim era um saco viver, lídar com as pessoas e tomar decisões, mas não é aquele típico desgosto de vida adolescente que fica revirando o olho pra tudo e pra todos, claro que não, eu era a mesma Noemy de sempre, alegre, da zoeira, agora depois dos 18 um pouco mais quieta, mas a mesma de sempre, por isso ninguém notou, e ainda bem, coitados, se soubessem o que eu estava pensado seria abandonada no mesmo momento hehehe. Não quis que ninguém soubesse, mas adoraria ver que alguém entendia minha bagunça interna e me amava mesmo assim, e sim, é bem carente isso. Sem julgamentos, essa frase tem sido importante pra mim nos últimos dias.  Enfim, o que eu queria mesmo dizer é que eu amo a bagunça do meu quarto e minha mãe que me perdoe, mas ele vai continuar assim mesmo depois de eu limpar. E eu amo essa bagunça, porque ela mostra que não tenho tempo, que vivo correndo, que tenho afazeres, que tenho vida, que tenho mil motivos pra me alegrar, essa desordem me mostra que tomei banho no horário de almoço porque tinha que ir trabalhar a tarde arrumada, pois não ir dar tempo de voltar em casa antes da minha primeira aula, e que correria, mas era minha primeira aula, um sonho sendo realizado. Essas maquiagens desarrumadas na bancadas dizem pra mim que eu sou vaidosa e amo receber elogios, não do tipo narcisista, tudo bem, talvez, mas é tão booooomm, mas olha me maquiei pra ir trabalhar, e eu tenho um trabalho!!! E amo o meu trabalho!!! . E essas cobertas que não foram sobradas, olha isso, elas são tão fofinhas e macias e quentinhas, da vontade sair enrolada nelas na rua e não de ficar deitada chorando.  No final eu acabei concluindo que, se meu quarto está bagunçado minha vida começa a entrar em ordem.

Eu amo a minha bagunça.

Chevron nosso de cada dia + DIY Tapete com estampa chevron


Olá tudo bem? Espero que sim.

     Se você gosta de decoração o mínimo que for, já deve ter percebido que a estampa Chevron está super em alta. Chevron em sua tradução do inglês significa *divisa ou bifurcação, já na minha tradução significa tendência, e vocês vão entender porque é tão tendência assim. Peguei alguns inspirations no Pinterest e confesso que foi difícil escolher somente algumas, pois todas estavam maravilhosas.






     Os decoradores têm usado com criatividade essa estampa, tanto na parede, como em tapetes, quadros e também em almofadas ou outros itens decorativos.


     Mas não se engane achando que o Chevron está só nos itens da casa, porque ele também está nas roupas e alem de ser trend pode dar aquela ajuda na hora de favorecer as curvas do corpo.



     Então resolvi que queria fazer alguma coisa com essa estampa e fiz.
    Fiz um tapete com chevronzinho rosa, que ficou delicado e moderno, e pra dar um tchãn coloquei uns pomponzinhos nas pontas. Ta muito fácil de fazer e se você se encontrar no mesmo estado de espírito que eu, ou seja, completamente louca por chevron, faz um ai para seu catineo.



 


Eeeeeeei, não vai embora sem me dizer o que você achou ta?!

Beijnhosss...

Como organizar o guarda-roupas DIY caixas decorativas



Olá, tudo bem? Espero que sim.

Pra mim esse post chega a ser um pouco engraçado porque ontem mesmo publiquei um texto que fala que amo minha bagunça, se você ainda não leu, ele está aqui. Mas enfim, a vida tem dessas contradições hehe.

Esse vídeo foi feito com muito carinho por mim em parceria com a Zanelatto Design e eu espero que vocês aproveitem essas dicas. Beijinhooss.







Eu amo PRATELEIRAS !!!




    Ola tudo bem? Espero que sim...



Gente não adianta, eu faço a limpa todo semana, tiro um monte de itens pra serem doados ou jogados fora mas to sempre cheia de bugiganga pra guardar que no final das contas não tenho onde colocar, porque haja armário pra tanto livro, papel, decoraçãozinha.  Então eu trouxe pra vocês algumas ideias de prateleiras bem criativas para serem colocadas no quarto, na sala, na cozinha, no banheiro, no escritório, na garagem, em QUALQUER lugar. E ah! As prateleiras são ótimas substitutas pra quem não quer ou não pode comprar um armário, e elas meio que forçam a gente a ser mais organizados, mas tudo bem.

Quando eu vi essa ideia no Pinterest, pulei de alegria, porque aqui na minha cidade a única opção de prateleira que tem é com a mão francesa, que eu não curto muito, mas essas ideias de colocar pendurada com uma corda é F-A-N-T-A-S-T-I-C-A.

Abaixo estão as inspirações que tive e em breve postarei como ficou o meu projeto. Mas gente, você só precisa de corda, um peço de tabua para ser sua prateleira, que você pode reutilizar de algum armário antigo ou que já tenha na sua casa e ganchinhos para pendurar na parede ou teto.






E olha aqui queridinho (a) eu não fico aqui postando somente pra você achar legal e pensar “ah um dia eu faço”, para de procrastinar e coloca a mão na massa, não necessariamente nesse projeto mas em algo que você queira muito, algo material ou pra vida, vai atrás do teu sonho por mais bobo que possa parecer para os outros, é seu sonho.

É isso espero que tenham gostado, porque eu amei. Beijos ...